andreamedia

Sucesso da Manchete quase foi barrado na emissora: “música irritante”; bastidores

Um dos maiores sucessos da extinta TV Manchete, por muito pouco, não foi barrado da emissora, nos anos 90. Em 2023, o canal comemoraria 40 anos no ar. Todavia, os trabalhos foram encerrados em 1999, em um final melancólico e uma programação sucateada.

Antes disso, um grande produto fez muito sucesso na programação da Manchete. O desenho ‘Os Cavaleiros do Zodíaco’ marcou época no canal da família Bloch. Os bastidores da aquisição do formato infantil foram revelados detalhadamente através do jornalista Gabriel Gontijo, em reportagem ao portal Na Telinha.

Na última segunda-feira (5), o livro ‘Rede Manchete – 40 Anos de Histórias Vivas’ foi organizado pelo jornalista Luiz Santoro e lançado pela editora Planeta Azul.

Eduardo Miranda, um dos profissionais executivos que cuidavam da aquisição de conteúdo internacional, revelou como foi a tentativa de compra de ‘Os Cavaleiros do Zodíaco’ e se recorda que, por muito pouco, acabou desistindo do negócio:

“… O diretor de programação da época, Gerardo Lucas, me chamou para uma reunião junto com o Osmar Gonçalves e um outro representante da Samtoy (empresa que vendia o desenho) . Daí eles passam uma fita com um trecho de quinze minutos todo picotado, cheio de cenas de violência, sem diálogo e uma música irritante. Quando acabou aquela tortura, olhei para cima e disse não, iniciou.

Surpreendentemente, reviravolta! Após anunciar saída da TV, Milton Neves segue na Band TV: entenda!
Imagem: Reprodução

Só que, surpreendentemente, o caso ganhou uma reviravolta. Apesar da péssima apresentação, Miranda foi surpreendido com uma segunda informação:

“[eles, representantes da Santoy] justificaram que o desenho era sucesso de audiência em todo o mundo. Daí expliquei que precisava de um episodio completo”, exigiu, com o objetivo da importância de conhecer melhor o que estava levando ao público no Brasil.

EM SEGUIDA, REVIRAVOLTA NAS NEGOCIÇÕES TROUXE O DESENHO

O pedido gerou uma saia justa entre o representante da empresa que vendia o desenho e o executivo da Manchete. Afinal, sem ter todos os recursos tecnológicos dos dias atuais, trazer um episódio inteiro para a mesa de negociações requeria uma logística um tanto quanto complexa, há quase 30 anos :

“O representante da marca, mal-humorado, ficou zangado por achar que ia gastar muito dinheiro com aquilo. O Osmar, do comercial, o convenceu e depois que eu assisti aos capítulos inteiros mudei de ideia e tive a certeza de que seria um sucesso absoluto”, contou Eduardo Miranda, explicando os bastidores da chegada dos ‘Cavaleiros do Zodíaco’ no Brasil.

O anime japonês ficou na Manchete entre setembro de 1994 até 1997, tornando-se um dos produtos infantis mais badalados da ocasião. Inicialmente, dobrou a audiência da emissora, atingindo 4 a 5 pontos no Ibope. Em horário nobre, chegou a registrar pico de 15 pontos, quando anunciado episódios inéditos de ‘Saga do Santuário’.

+ Juliana Paes deixa o Caldeirão para se dedicar à novela fora da Globo

Contudo, após um hiato fora do ar, voltou no Cartoon Network, em 2003, na TV por assinatura. Em 2004, voltou à TV aberta, através da Band. No ano seguinte (2005), o canal Rede 21, do Grupo Bandeirantes, também exibiu os ‘Cavaleiros do Zodiáco’.

Por fim, em 2016, a Rede Brasil foi o último canal aberto a reprisar o desenho, chegando a atingir índice de 1 ponto de audiência (arredondado), grande feito para o canal.

LEIA TAMBÉM, EM SEGUIDA:
FIQUE DE OLHO NAS REDES DO AC!*

Siga-nos no YoutubeInstagramFacebook, Twitter e Google Notícias. Fique ligado em nosso conteúdo

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA PRIMEIRAMENTE AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução Internet

Visits Code Obs Start: 2022-10-01 End: 2022-10-31