andreamedia

Raul é sequestrado no lugar de Ramiro, em Caminho das Índias

Quando Raul (Alexandre Borges) parecia estar próximo da grande virada, o pior vai acontecer: ele será sequestrado pelo bando de Beca (Java Mayan), a pedido da filha Júlia (Vitória Frate), em Caminho das Índias. Inicialmente, a ideia era sequestrar Ramiro (Humberto Martins).

Só que tudo saiu errado: na hora que a ação foi posta em prática, Raul acabou pagando o pato e indo parar no lugar do irmão no cativeiro. Preso e encapuzado, ele ainda aguardará um tempão até entender que foi a filha quem o mandou sequestrar.

Sem saber que Júlia está revoltada e envolvida com o crime, Raul acreditará que foi sequestrado a pedido de Yvone (Letícia Sabatella), em retaliação à sua vingança. Só que o cerco da bandida está apertando, e ela, na verdade, está fazendo de tudo para deixar o Brasil.

Raul só descobrirá que Júlia é a autora do seu sequestro, muitas horas depois, quando Júlia começar a descarregar tudo o que tem para dizer para Ramiro. Encapuzado, o ex-empresário entenderá o quanto mal fez para a filha e sua família ao se envolver com Yvone.

RAUL X YVONE: COMO FOI A VINGANÇA

O grande encontro vai acontecer: Raul (Alexandre Borges) e Yvone (Letícia Sabatella) vão ficar cara a cara, em Caminho das Índias. O encontro, claro, só foi viável graças a Gopal (André Gonçalves), que conseguirá entrar no quarto do hotel da ex-amante de Raul, após conseguir as chaves do local.

Antes do encontro com Raul, Yvone terá que acertar as contas com Gopal. O indiano decidiu levar um bombom falsamente “batizado” para se vingar do chocolate envenenado recebido pela médica, nos tempos em que eles moravam em Dubai.

Só que ao conseguir recuperar os milhões de Yvone, Gopal vai embora sem sequer ver a ex-patroa comendo o bombom: quem faz o serviço completo é Raul. O motorista manda que Yvone autorize a subida de um homem ao seu quarto.

Falsa como sempre, a médica banca a surpresa ao ver seu amante. Entretanto, toma um tapa na cara de Raul de início. “Vagabunda!”, grita o herdeiro da Cadore. Gopal deixa o quarto para o acerto de contas, informando que se todo o dinheiro não aparecer, Yvone vai para a cadeia.

“Raul, eu sei que eu fiz tudo errado! Mas encheram meus ouvidos contra você. Aquele Mike me fez acreditar que você ia me abandonar. Que fazia confidência contra ele”, mente Yvone.

YVONE RECALCULA ROTA AO NOTAR QUE MENTIRA NÃO COLOU, EM SEGUIDA

Contudo, ao perceber que a declaração falsa colará, Yvone dá as caras: “Você também não é melhor que eu. Eu traí uma amiga, tá certo. Mas você traiu uma família inteira: sua mulher, sua filha, seu pai…”, diz.

Raul põe a culpa em Yvone nas besteiras, que assume ter feito e também ouve de Yvone que foi ele quem roubou o dinheiro da Cadore.

“Eu arranjei as condições das coisas que você queria… Guardaram uma boa recordação de você. Choram seu túmulo, mandam celebrar missas para você, em vez de te amaldiçoar todos os dias”, responde a médica.

“Passei meses e meses imaginando esse momento. Imaginando o que eu ia dizer, o que eu ia fazer quando ficasse cara a cara com você. Na minha fantasia, te espanquei tantas vezes. Matei tantas vezes! E, agora, quando chega o momento, a única coisa que eu sinto é um desprezo profundo. Por você, por mim”, diz Raul, por fim.

“O que você quer que eu faça mais para me deixar em paz?”, pergunta Yvone, acrescentando que, ao menos, o dinheiro foi devolvido e levado por Gopal.

“Você vai comer o bombom envenenado que deu para o Gopal!”, ordena Raul. “Não faça isso comigo, Raul”, responde Yvone. Ciente que o chocolate está “limpo”, o ex-empresário deixa a amante desesperada ao perguntar se prefere morrer de tiros ou comendo o chocolate.

Sem saída, ela come o chocolate e chora copiosamente. Raul vai embora do quarto e Yvone, agora, corre contra o tempo para tentar cortar o efeito do veneno.

Saiba tudo sobre Caminho das Índias no Viva!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV / Montagem

Visits Code Obs Start: 2022-10-01 End: 2022-10-31