andreamedia

Yvone mente e diz que era apaixonada por Raul; ela põe a culpa nele, em ‘Caminho’

O cinismo de Yvone (Letícia Sabatella) parece não ter fim. Presa por estelionato, a vigarista chegará ao cúmulo durante um depoimento à imprensa, em Caminho das Índias.

A descoberta que Raul (Alexandre Borges) não está morto caiu como uma bomba na mídia. Os jornalistas vão à delegacia para conversar com a falsa médica, que está indiciada pelo caso.

Ciente de que há provas suficientes, Yvone recalcula a rota e banca a louca apaixonada para justificar a crueldade que armou contra os Cadore:

“Não estou negando que errei. Mas eu fiz tudo por amor. Não sou uma pessoa má. Não sou uma pessoa que busco o prejuízo de ninguém”, inicia.

Yvone Magalhães

Yvone começa a jogar a culpa em Raul: “Sou apenas uma mulher que se apaixonou pelo homem errado. Perdeu a cabeça pelo homem errado. Foi capaz de loucuras pelo homem errado. Eu precisava dessa queda que eu levei para acordar e perceber onde estava metida”, mente descaradamente.

“Eu estava carente demais e ele se aproveitou de mim”, acrescenta. Yvone ainda diz que Mike (Odilon Wagner) foi o responsável por tudo e que foi induzida pelo bandido a dar golpes.

Todo o teatro acaba convencendo até mesmo os policiais que, informalmente, comentam entre si que não acreditam que uma mulher com tamanho rosto angelical seja capaz de cometer tantos crimes. Para dois deles, Raul é o grande mentor de sua falsa morte.

NEM APANHANDO, YVONE APRENDE

Não pensem que acabaram as surras de Yvone (Letícia Sabatella), em Caminho das Índias. Não bastasse ter apanhado horrores de Sílvia (Débora Bloch), a ex-amiga, agora, quer mais. Mais pancada, literalmente.

Sílvia já fez o que pôde, após descobrir os podres de Yvone. Ao saber que ela é uma falsa médica, foi até a delegacia para denunciá-la como estelionatária.

Chegando no local, Sílvia toma um choque: ela vê Raul vivo e descobre o que jamais poderia imaginar: Yvone era amante dele e ainda arquitetou todo o plano para fazê-lo um homem morto.

Sem chão e possuída, Sílvia volta a dar um escândalo e faz uma verdadeira caça às bruxas pela delegacia. Ao ver Yvone, volta a dar novos sopapos na rival, com novos tapas, chutes e pontapés, descontando toda a sua fúria por ter sido traída dentro de sua casa.

Sílvia a xinga de “vagabunda”, “mentirosa”, “monstro”, “vigarista”, “mau-caráter” e “cachorra” e ainda atira Yvone em cima de um vidro de uma das salas do posto policial.

PRIMEIRA SURRA: COMO FOI?

Chegou a hora do acerto de contas em Caminho das Índias: Sílvia (Débora Bloch) vai dar uma boa surra em Yvone (Letícia Sabatella). Esta será a forma da “viúva” de Raul (Alexandre Borges) descontar toda a sua indignação após o festival de mentiras que a “amiga” lhe contou durante toda a trama: tapas, batidas e muita agressão.

Resumo dos capítulos de Caminho das Índias no Viva,
última semana: 06/03/23 a 10/03/23

Sílvia já sabia que Yvone estava envolvida com os golpes de Mike (Odilon Wagner) e o DVD com o vídeo íntimo de Nanda (Maitê Proença). Agora, ela descobriu que Yvone roubou a mãe e os irmãos e fez o pior: jogou a matriarca em asilo de quinta categoria para se apropriar de sua pensão.

Mas a bomba mesmo ocorreu quando Selma (Virgínia Cavendish), cunhada de Yvone, revelou que a golpista é uma estelionatária e atua como falsa médica.

Sílvia se recorda, imediatamente, que foi a “amiga” quem assinou o atestado de óbito de Raul. A deixa é suficiente para denunciá-la e pô-la atrás das grades.

Tentando cercar Yvone no hotel onde ela mora, Sílvia descobre que ela não se encontra mais hospedada e que está de viagem marcada na rodoviária.

SÍLVIA ESPANCA YVONE: “MENTIROSA!”

Imediatamente, Sílvia parte para o local e flagra Yvone andando pelos corredores. A partir dali, ela começa seu acerto de contas dentro do banheiro feminino e nem perde tempo:

“Sua mentirosa!”, grita Sílvia, já metendo a mão na cara de Yvone. Em seguida, ela conta tudo o que já sabe do arsenal de mentiras da “amiga”. “Você é louca”, responde Yvone.

“Sua falsa, mentirosa, monstro, você é uma falsa, Yvone! Eu não sei como eu tive coragem de ser sua amiga, de acreditar em você! De te ajudar… Monstro! Mau caráter”, grita Sílvia, enchendo Yvone de tapas, chutes e pontapés.

Duas policiais entram no banheiro e seguram Sílvia, evitando que ela mate Yvone à pancada. Apesar de tomar uns bons sopapos, a falsa médica ainda segue em seu teatro de quinta e assume outra identidade para as autoridades:

“Meu nome não é Yvone, você me confundiu com outra pessoa. Eu sou Lena Carvalho, olha aqui!”, inicia.

Saiba tudo sobre Caminho das Índias no Viva!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV / Montagem

Visits Code Obs Start: 2022-10-01 End: 2022-10-31