Filipe Ret é levado pela polícia em resort de luxo em Angra dos Reis

A Polícia Civil cumpre mandato de busca e apreensão contra o rapper Filipe Ret nas primeiras horas desta terça-feira (19). A entidade investiga uma suposta distribuição gratuita de cigarros de maconha em uma festa na zona sul do Rio de Janeiro, ocorrida há um mês, aproximadamente. O celular do cantor foi levado.

Os agentes da Polícia Civil compareceram a cinco endereços relacionados a Ret, em sua residência e um estúdio musical, no Flamengo, na zona sul do Rio. Neste último, os policiais precisaram entrar no local utilizando um chaveiro, já que não havia presentes, e encontraram maconha e papel para enrolar a droga. A quantidade não foi especificada pela polícia.

Ciente de que Felipe Ret estava hospedado em um resort de luxo em Angra dos Reis, os policiais foram até o local para conduzir o cantor, de 37 anos, a prestar esclarecimentos sobre o caso. Veja o momento abaixo.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

Filipe Ret é acordado por policiais em Angra (RJ) / Imagem: Reprodução

Outro local alvo de busca pela Polícia Civil foi o Vivo Rio. De acordo com os investigadores, a administração da casa de espetáculos se negou a entregar, na íntegra, as imagens da festa ‘Open Beck’, de Filipe Ret.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução Internet

Advertisement