‘Páginas’: Marta e Helena ficam cara a cara e duelam sobre a adoção de Clara

Uma das principais cenas de Páginas da Vida está prestes a estourar. Após uma verdadeira caça, Marta (Lília Cabral) ficará frente à frente com Helena (Regina Duarte) e descobrirá que a médica que fez o parto de Nanda (Fernanda Vasconcellos) é a mãe adotiva de Clara (Joana Mocarzel).

Há muito tempo, Marta quer saber quem adotou a neta renegada. Ela fez de tudo para descobrir e, quando menos esperava, recebeu a notícia em seu colo. Mentindo, Marta foi ao hospital onde Clara nasceu e disse que era vizinha da avó que entregou a criança para adoção, há cinco anos. Após alguns dias, a profissional abriu o jogo e revelou que Clara foi adotada por Helena.

A partir daí, Marta fez uma verdadeira caça às bruxas e entrou no escritório de Helena para roubar uma das fotos da menina no porta-retratos da médica. Ao perceber que a fotografia da filha foi levada, Helena entra em choque e entende que estão atrás do paradeiro de Clara.

Aflita como de costume, Helena vai para sua casa e antes de entrar no imóvel toma um susto com a presença de Marta no corredor de seu andar. “Mas por que esse susto todo, Helena? Quem ficou assustada foi eu, quando soube que a mãe adotiva da Clara era você”, dispara a megera.

Helena fica irritada, diz que não quer conversa com Marta e a acusa dela ter invadido o prédio. “Não chega perto da minha filha!”, exige Helena.

“Deixa de ser idiota, que essa menina é mais minha do que sua!”, responde Marta.

“Engano seu! É minha! Tem meu nome, não tem mais nada seu”, devolve Helena.

“Tem meu sangue, ainda que contra a minha vontade, mas fazer o quê? Mas o sangue é muito mais que o nome!”, acrescenta Marta.

“Sangue que você renegou! Esqueceu? Você falou para mim que se ela ficasse com você, ela poderia parar na lata do lixo. Não lembra mais? Eu fiquei com ela, adotei legalmente. É minha filha, legalmente! Pra sempre!”, diz Helena, já sem paciência.

Marta diz que só queria saber do paradeiro da neta por conta das tentativas de buscas feitas por Léo (Thiago Rodrigues), que anda influenciado por Olívia (Ana Paula Arósio).

“… Se o pai descobrir que essa menina está viva, ele não vai entender o que aconteceu”, acrescenta Marta.

“Não vai atender, porque você mentiu!”, devolve Helena.

“Nós mentimos!”, acrescenta Marta.

“Eu confirmei?”, questiona Helena.

“Pelo menos não desmentiu”, responde Marta.

“A sua neta morreu. Foi ela quem você matou, não a minha filha. É assim que você tem que ver as coisas, assim que você tem que começar a pensar. São duas crianças diferentes. Uma bem diferente da outra… e você fique longe dela!”, diz Helena, sem nenhuma paciência.

“Se o pai dessa menina souber que ela está viva, ele vai entrar na justiça, Helena! E vai pedir a guarda na justiça”, ameaça Marta, querendo que Helena se afaste com Clara do raio deles.

“Pode até pedir, porque não vai conseguir nada. A adoção que eu fiz, me foi garantida, como para sempre. Irrevogável”, explica Helena.

“E quem pode tirar o direito de um pai, cuidar de um verdadeiro filho? Ele não foi consultado, ele não sabia da existência da menina… E vai pedir a guarda!”, responde Marta, lembrando que um juiz é um homem qualquer e vai interpretar o caso da maneira que ele quiser. Ela também lembra que Léo é rico e influente.

Helena entra em processo de negação, mas fica desesperada com a chance de perder a guarda de Clara. Marta responde dizendo que a única chance das coisas ficarem como está é que todos pensem que a menina está morta. A médica entra em choque que, além de uma falsa lápide de Clara, Marta tem um atestado de óbito arranjado.

VEJA TAMBÉM!

O resumo dos capítulos podem sofrer alterações de acordo com a decisão das emissoras

Saiba tudo sobre Páginas da Vida no Viva!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução TV

Advertisement